SE – Delegados paralisam atividades e pedem reajuste linear

0
899

Os delegados de Polícia Civil paralisaram parte dos serviços nesta terça-feira, 16. O ato aconteceu na porta da Superintendência da Polícia Civil e teve como objetivo solicitar do Governo do Estado à concessão do reajuste salarial linear de 2015.

Segundo o presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil de Sergipe (Adepol), o delegado Paulo Márcio Cruz, categoria já contabiliza uma perda acumulada de 12.25%.

“O objetivo é para que o governador se sensibilize e encaminhe para a Alese o Projeto de Lei concedendo reajuste linear não só aos delegados de polícia, mas as todas as categorias. A inflação acumulada foi de 6.91% e em 2013 não tivemos aumento. Naquela época foi 5,84%, ou seja, somando esses dois períodos temos uma perda acumulada de 12.25%. O estado alega que tem problemas na Lei de Responsabilidade Fiscal, é verdade que segundo balanço não saiu do limite prudencial, mas o limite é 49% e o estado está em menos de 27%. Ou seja, nada impede que o estado encontre recurso para os servidores”, avalia.

Por conta da paralisação, nas delegacias estão sendo realizadas apenas atendimento de emergência como autos de prisão em flagrante delito. Boletins de Ocorrências, Ouvidas de Testemunha ou Termos de Ocorrência Circunstanciados estão paralisados.

Os delegados também foram entregar um ofício ao secretário de Estado da Segurança Pública, Mendonça Prado solicitando o intermédio dele no processo. Uma nova assembleia dever ser remarcada pela categoria.

Por Aisla Vasconcelos

 

Fonte: Infonet