Processos sobre crimes hediondos poderão tramitar mais rápido

0
2838

A CCJ do Senado aprovou o Projeto de Lei da Câmara (PLC 20/2014) que garante a prioridade de tramitação, em todas as instâncias, a processos que apurem a prática de crime hediondo. A proposta recebeu parecer favorável do relator, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), e segue para votação no Plenário do Senado.

Segundo ponderou Valadares, não adianta agravar as penas dos crimes hediondos se o processo não anda e, assim, a condenação custa a se efetivar.

O PLC 20/2014 foi apresentado pela deputada Keiko Ota (PSB-SP), mãe do menino Ives, sequestrado e morto no mesmo dia, em 1997, após reconhecer um dos sequestradores. Para ela, a demora no julgamento de crimes de natureza gravíssima geram na sociedade uma sensação de impunidade e de descrença em relação ao Judiciário.

— Se o tempo acaba por amenizar a angústia e a revolta da sociedade, é certo que a aplicação imediata da lei faz com que ela se sinta protegida — sustentou a deputada na justificação da proposta.

Clique no link ao lado para ouvir a reportagem: REPORTAGEM PLC20/14

Fonte: Agência Senado

ccj senado

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here