ADEPOL DO BRASIL participa de Sessão Solene em homenagem ao aniversário do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt – IIRGD – da Polícia Civil do Estado de São Paulo

0
184

A ADEPOL DO BRASIL, representada pela Diretora Raquel Gallinati, esteve presente na Sessão Solene Sessão em Homenagem ao Aniversário do IIRGD (Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt – Polícia Civil), realizada na noite de segunda-feira, (21), na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Idealizado pelo Deputado Estadual Delegado Olim ( PP), o evento contou com a presença de Deputados, Autoridades da Segurança Pública e das Forças Armadas, além de integrantes do Sistema de Justiça .

O IIRGD tem desempenhado um papel fundamental ao longo dos anos na realização de identificações e na produção das cédulas de identidade, que são instrumentos essenciais para a garantia dos direitos dos cidadãos.

Nessa sessão solene especial, também foi prestada uma homenagem ao legado deixado pelo Dr. Ricardo Gumbleton Daunt, que revolucionou o setor de identificação com a criação das fases específicas do processo. Essa inovação trouxe agilidade e precisão nas identificações realizadas pelo instituto, contribuindo para a eficiência do trabalho realizado.

Em 1938, Ricardo Gumbleton Daunt transformou o Setor de Identificação com a criação das fases de Fotografia, Antropometria, Dactiloscopia e Aplicação. O IIRGD já identificou mais de 40 milhões de pessoas e emite mais de 10 mil cédulas de identidade por dia. Ao longo dos anos, o RG passou por modificações para atender às exigências de identificação e se tornou um dos documentos mais importantes para os brasileiros. Os profissionais do IIRGD e do Instituto de Criminalística desempenham um papel vital na investigação, trabalhando com a manipulação de cadáveres, análise de fragmentos, coleta de materiais, arquivamento de informações e o uso de tecnologias para auxiliar nas investigações.

A ADEPOL DO BRASIL parabeniza todos os envolvidos e expressa gratidão pelos esforços contínuos em garantir a identificação correta e a proteção dos direitos de todos os cidadãos.