Secretário de Segurança Pública de São Paulo institui grupo de trabalho sobre decisão de permitir que policiais militares registrem crimes

0
20

Após notificação da ADEPOL DO BRASIL e de outras entidades de classe, o secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Guilherme Derrite, recuou temporariamente na decisão de permitir aos policiais militares registrarem crimes de menor potencial ofensivo.

Derrite destacou que vai “estudar a viabilidade” da ideia e anunciou a criação de um grupo de trabalho para analisar a viabilidade da medida.

A proposta de permitir que policiais militares realizem registros de ocorrências de baixa gravidade, atualmente uma atribuição exclusiva da Polícia Civil, gerou tensão entre as duas instituições.

https://oglobo.globo.com/brasil/noticia/2024/04/22/em-meio-a-crise-derrite-recua-e-institui-grupo-de-trabalho-para-estudar-registro-de-crimes-por-pms-de-sp.ghtml