SC – Nova diretoria da Adepol inicia luta pelo aumento de efetivo policial

0
942

Florianópolis/SC – A nova diretoria da Associação dos Delegados de Polícia do Estado (Adepol/SC), empossada recentemente e tendo a frente como presidente o delegado Ulisses Gabriel, já iniciou a mobilização para concretizar os principais pleitos da entidade, entre estes, o aumento de efetivo para a Polícia Civil e implantação da lista tríplice para escolha do Delegado Geral de Polícia, atualmente de livre nomeação pelo governador do estado.

Diversos contatos e visitas vêm sendo feitos com as lideranças parlamentares na Assembléia Legislativa e autoridades do governo do estado. Além de lutar pelo aumento do efetivo, o presidente Ulisses Gabriel disse que a entidade vai colaborar no planejamento das atividades da polícia civil para os próximos 20 anos. Ele lembra que há 30 anos os gestores vislumbravam um efetivo de 5.997 integrantes, mas as discussões se perderam ao longo dos anos.

Atualmente a corporação conta com um efetivo de apenas 3.300 policiais para todo estado. “Deste total, cerca de 300 já pediram aposentadoria”, revela, acrescentando que o ideal seria de 7.200 integrantes no quadro, que pode ser atualizado mediante novos concursos públicos e nomeações de concursados recentes, entre outras  alternativas que estão em estudo.

Com relação à implantação da lista tríplice para a escolha do Diretor Geral de Polícia Civil os contatos estão sendo feitos com o governo do Estado para que envie um projeto de emenda constitucional (PEC) a Assembléia Legislativa neste sentido, já que a prerrogativa é do Executivo. Com a escolha indicada pelos próprios policiais, o presidente da Adepol acredita que haverá despolitização, independência funcional e valorização do profissionalismo, agilização das investigações e conseqüente melhoria para as comunidades neste setor da segurança pública.

 

Fonte: Portal Menina