Rio de Janeiro sedia Fórum Regional de Segurança Pública

0
1656

Fotografada por Felipe Rodrigues

Reunindo autoridades de segurança, chefes do Executivo da região e agentes das Polícias Civil e Militar, além da Guarda Municipal, aconteceu ontem no Salão Nobre do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM), o Fórum Regional de Gestores sobre Segurança Pública. O objetivo foi debater políticas de prevenção e segurança pública nos municípios. O evento foi realizado com apoio das forças de segurança do Estado, Instituto de Segurança Pública (ISP), Assembleia Legislativa do Estado do Rio Janeiro (Alerj), e Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Estadual de Segurança (SESEG).

Durante a programação, prefeitos membros do Consórcio Intermunicipal de Segurança com Cidadania do Médio Vale do Paraíba Fluminense (CISEGCI) manifestaram os desafios da segurança pública nos seus municípios. Anfitrião do evento e presidente do CISEGCI, o prefeito Jonas Marins (PCdoB) falou sobre a importância de conhecer os problemas da cidade em relação à segurança. “Queremos implantar em breve um consórcio de segurança com o apoio das Polícias Militar e Civil”, frisou Jonas, que também falou sobre o apoio das cidades aos municípios limítrofes, por exemplo, Volta Redonda. “As divisas devem ser trabalhadas em um trabalho conjunto, e assim, contribuiremos na segurança de todo o Médio Paraíba”, destacou.

Outro tema destacado foram às ações recentes da Polícia em Angra dos Reis, em especial as operações que resultaram em diversas prisões. Parte da mesa, o coronel Igor Magalhães informou que as ações realizadas naquela região vêm logrando êxito no combate a violência. “Temos datas agendadas para a realização de operações com apoio das forças de segurança na região de Angra”, disse.

Representando a SESEG, o subsecretário de Educação, Valorização e Prevenção, Pehkx Jones Gomes da Silveira falou do orgulho em participar de um momento tão importante para a região e aproveitou para falar de projetos futuros para a área de segurança. “Está sendo discutido na Câmara dos Deputados um novo modelo de polícia, única, em especial para os municípios, que são onde os crimes acontecem. Consórcios municipais serão implantados, facilitando até na investigação de crimes complexos”, contou o subsecretário, salientando que a prevenção está entre os principais focos da municipalidade da polícia, que contará com apoio de todas as camadas da população. “Não dá para exigir o máximo de direitos, sem cumprir o mínimo de deveres. A partir daí entra a participação dos municípios, que vão ter que influenciar a participação e civilidade já na escola para avançar na cidadania e ter parâmetros de fiscalização”, explicou.

O fórum também foi realizado como parte do Programa Estadual Compromisso pela Segurança, e na programação foi realizado um grupo de trabalho com o tema “O papel dos municípios da Segurança Pública: propostas municipais de ações integradas”, visando traçar ações estratégicas e discutir prioridades e diretrizes para o papel dos municípios em segurança pública.

 

Fonte: A voz da cidade

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here