“MP não tem competência para investigar nada”, diz vice-presidente da Associação dos Delegados

0
975

Da Redação – Max Aguiar

Na contra mão do que pensa o Ministério Público e a maioria dos formadores de opinião do Brasil, A Associação Nacional dos Delegados do Brasil defende a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 37), cujos dispositivos vetam que promotores de justiça realizem investigação.

MPE reúne imprensa e lança campanha contra a PEC 37
Câmara Municipal aprova ‘Moção de Repúdio’ contra a PEC 37

Em declaração feita há pouco à TV Centro América, emissora da TV Globo, o vice-presidente da Associação Nacional dos Delgados, Carlos Eduardo Benito, ressaltou que o Ministério Público não tem competência para fazer investigações.

“A aprovação da PEC não mudaria os trabalhos de investigações. Não adianta vir com comentários que nós vamos tirar o poder de alguém, por que não se tira nada de quem não tem. O Ministério Público não tem competência para investigar nada”, asseverou o delegado.

Carlos Eduardo Benito também ressaltou que na prática não mudaria nada. “Nós (Polícia) queremos apenas a aprovação para cumprir a constituição nacional originária. Não mudaria nada na prática. Hoje nós já investigamos e vamos continuar. A polícia investiga, o promotor acusa e o juiz julga”, confirmou Benito.

Sobre a divulgação dos trabalhos de investigação, Benito confirmou que continuará da mesma maneira. “Vamos divulgar os trabalhos de forma transparente. As investigações continuarão a ser papel da polícia e o controle de regras também continua o mesmo”, finalizou Benito.