MANIFESTAÇÃO SOBRE OS ACONTECIMENTOS ENVOLVENDO A POLÍCIA CIVIL DE MATO GROSSO DO SUL

0
338

A ADEPOL DO BRASIL manifesta sua preocupação com os fatos noticiados na imprensa do Estado do Mato Grosso do Sul, os quais questionam-se inferências nas apurações desenvolvidas contra organizações criminosas ligadas a diversos crimes neste Estado.

Cumpre destacar que a Polícia Civil do Mato Grosso do Sul sempre foi destacada em âmbito nacional pelos seus trabalhos qualificados e integrantes de todas as carreiras, não sendo admissível, portanto, qualquer inferência ou ataque difamatório aos seus servidores.

A ADEPOL DO BRASIL repudia o aparelhamento midiático por grupos criminosos que, distorcendo os fatos, lançam infundada alegação de que a intensificação e ampliação das ações policiais realizadas com a “Operação Deu Zebra” seria interferência ou proteção a grupos criminosos, quando, em verdade, tamanha e injusta agressão visa justamente desestabilizar uma Polícia Civil forte e fazer cessar o combate ao crime organizado dos abnegados policiais civis do Estado de Mato Grosso do Sul.

Estamos confiantes que a apuração adequada dos fatos pelos órgãos de controle interno e externo, bem como investigações especializadas levarão a descoberta dos interesses agindo a esse escatológico ataque a Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul.

Da mesma forma advertimos que qualquer procedimento deflagrado pelo Ministério Público com base em contextos situacionais que envolvam o trabalho da Polícia Civil deve ser correlacionado com a atuação da corregedoria desta instituição e com fulcro na legalidade e ampla defesa.

A ADEPOL DO BRASIL clama por fim para que haja união institucional neste momento no âmbito da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, sem instrumentalização da imprensa para achincalhar a dignidade e o decoro institucionais.