CPI da Violência contra Jovens Negros ouve professor da UnB

0
656

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência contra Jovens Negros e Pobres ouve nesta tarde o professor da Universidade de Brasília Evandro Piza Duarte, autor de estudo publicado pelo Ministério da Justiça sobre “A filtragem racial na seleção policial de suspeitos: segurança pública e relações raciais”.

“Estes estudos serão bem ultrajados e as opiniões ali expressas trarão um norte para o relatório desta CPI”, acredita o deputado Luiz Couto (PT-PI), que sugeriu convidar o professor.

Também serão ouvidos o professor e jornalista, militante da igualdade racial, Edson Cardoso; e o presidente da Comissão da Verdade da Escravidão Negra, da Ordem dos Advogados do Brasil, Humberto Adami.

A audiência pública será realizada às 14h30, no plenário 9.

Diligências
Ontem a CPI esteve em Salvador (BA) onde constatou que crimes cometidos contra jovens negros e pobres têm ficado impunes. Os deputados ouviram parentes de vítimas, estudiosos da violência local e representantes de movimentos sociais e do governo do estado.

Esta foi a segunda diligência da CPI fora de Brasília. Na semana passada, os deputados foram ao Rio de Janeiro, onde visitaram o Complexo de Favelas do Alemão, palco constante de conflitos que envolvem policiais, traficantes e milicianos e deixam um rastro de vítimas muitas vezes inocentes.

Comunidade virtual
A CPI criou uma comunidade virtual para debater o tema. Quem quiser participar é só acessar a página edemocracia.camara.leg.br

 

Fonte: Agência Câmara de Notícias