Artigo da ADEPOL DO BRASIL, ‘Futebol: um esporte que tem sua imagem manchada pela violência’, é destaque na mídia

0
195

A ADEPOL DO BRASIL foi destaque no portal de notícias e negócios Gazeta da Semana, com um artigo assinado pela Diretora Raquel Gallinati. Intitulado “Futebol: um esporte que tem sua imagem manchada pela violência”, o texto traz um contexto histórico sobre como a violência nos estádios pode ser combatida.

“Os estádios de futebol, que deveriam ser palcos de alegria e confraternização, têm presenciado episódios de violência que mancham sua reputação, tornando-se cenários de crimes. Um exemplo marcante de violência ocorreu há quase quarenta anos, quando os torcedores ingleses mais extremistas, hooligans, causaram a exclusão das equipes do país das competições europeias por cinco anos.

A então primeira-ministra britânica, Margaret Thatcher, determinou uma abordagem rígida para lidar com o problema. Foi implementada uma forte repressão policial e isolamento dos hooligans, como a instalação de grades pontiagudas, eletrificadas e com arame farpado no topo, foram adotadas para conter a violência nos estádios.

Em 1989, durante a semifinal da Copa da Inglaterra uma multidão de torcedores foram pressionados e esmagados contra a grade que separava o campo das arquibancadas causando noventa e seis mortes.

Diante dessa terrível tragédia, as autoridades britânicas compreenderam a necessidade de agir de maneira efetiva para evitar novas ocorrências. Foi então que surgiu uma iniciativa que mudaria o panorama do futebol europeu: foi criada uma política de prevenção da violência. Em vez de apenas tentar conter os confrontos em andamento, as forças policiais passaram a identificar e agir de maneira preventiva contra os criminosos”, explica o artigo.

Leia mais: https://gazetadasemana.com.br/noticia/124040/futebol–um-esporte-que-tem-sua-imagem-manchada-pela-violencia-