AM – Presidente da Adepol-AM vai coordenar a comissão de organização de Torneio Olímpico

0
731

O Presidente da ADEPOL-AM, delegado Mário Aufiero, atual Secretário Extraordinário do Governo do Estado, foi nomeado nesta quarta-feira (13), coordenador da Comissão Conjunta Estado/Município para Organização do Torneio Olímpico de Futebol Rio 2016. A atividade será desenvolvida em parceria com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula.

 

A coordenação geral contará com ações executadas por grupos temáticos, cada uma realizada por seus respectivos representantes e suplentes do Estado e da Prefeitura. A ação prioritária a ser implementada pela comissão será o Programa de Voluntariado. “O governador José Melo nos confiou a missão de implementar um programa de voluntariado, utilizando a proposta social dos Jogos Olímpicos com foco em um trabalho de resgate de cidadania de jovens em situação de vulnerabilidade social. O grande legado olímpico para o Amazonas serão as conquistas sociais ”, revelou Aufiero.

 

Durante o período em que atuou como delegado geral adjunto da Polícia Civil do Amazonas, Mário Aufiero liderou a implementação de diversos curso de capacitação que beneficiaram mais de 1200 servidores da instituição e os convênios firmados com a FAPEAM e UEA.

 

Como coordenador geral da Polícia Civil do Amazonas no Mundial de futebol da FIFA em 2014, Aufiero representou a instituição, no exercício de importantes contribuições ao planejamento e execução das ações realizadas pela segurança, rendendo à sua gestão significativos reconhecimentos diante da FIFA.

 

Operou ainda diretamente na secretaria extraordinária de grandes eventos, colaborando de maneira estratégica na organização e na inovação de apresentação de projetos, entre eles a Delegacia Móvel, a Revitalização da Delegacia do Turista no porto e no aeroporto de Manaus e a instalação e funcionamento da Delegacia de Grandes Eventos. Conquistas que deixaram um expressivo legado à Polícia Civil do Estado, em razão de ter sido uma das principais instituições a apresentar projetos de grande relevância à realização do evento.

 

Entre as importantes iniciativas implantadas estão a construção de uma nova delegacia da Mulher, na zona norte da cidade, em conjunto com o Governo Federal. A parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) que preparou cerca de 50 estudantes bilíngues que aturam como voluntários em delegacias durante os jogos, foi um dos destaques do mundial.

 

“Estamos certos de que as experiências adquiridas no cumprimento das missões executadas em 2014 foram uma preparação para o trabalho que vamos desenvolver a frente da comissão de Organização do Torneio Olímpico de Futebol Rio 2016. Junto com todos os demais envolvidos, vamos somar para que o Amazonas seja mais uma vez destaque em um evento mundial”, finalizou Aufiero.

 

Fonte: Adepol/Am