ADEPOL/BR é chamada a participar das discussões em Comissão contra o Homicídio de Jovens

102
4175
A Comissão Especial do enfrentamento ao Homicídio de jovens reuniu-se nessa quarta-feira (16) e realizou audiência pública com Nilmário Miranda (secretário de audiência pública do Estado de MG) para tratar sobre o tema.
Uma das metas do plano é reduzir o índice de homicídios para o padrão de um dígito por 100 mil habitantes. “Nós queremos trazer o Brasil para um patamar de país civilizado. Acima de um dígito, mais do que nove homicídios para cada 100 mil, o País é considerado em guerra civil”, disse, ao completar que no Brasil morrem 70 jovens negros e pobres para cada 100 mil habitantes.
A discussão sobre  tema é extensa e, também na última reunião, foi aprovado Requerimento, de autoria do deputado Reginaldo Lopes, solicitando audiência pública a ser realizada na comissão, na qual a ADEPOL/BR foi convidada a participar, por sem uma importante Associação representante da classe dos delegados de polícia, tendo muito a acrescentar sobre o tema da segurança pública.

Fonte: Agência Câmara e ADEPOL/BR

semana 18 (3)