ADEPOL DO BRASIL participa de pesquisa da Unicamp sobre aspectos médico-legais do crime de aborto

0
158

De acordo com o proponente da pesquisa, no presente estudo, o foco será dado ao conhecimento teórico, opinião e prática
dos Delegados de Polícia, profissionais responsáveis pelo indiciamento das mulheres “vítimas-rés” a partir de situações que provocam conflitos éticos sugeridos nos questionários.

Esta avaliação poderá servir aos legisladores como material de reflexão, corrigindo suas deficiências e atendendo à necessidade de
proteger os direitos reprodutivos das mulheres em nosso país.

O estudo tem como objetivo avaliar o conhecimento teórico das disposições legais, opinião e prática de Delegados de Polícia acerca do aborto provocado, permitido por lei.

A ADEPOL DO BRASIL solicita aos associados que participem da pesquisa, respondendo ao formulário através do link:

https://forms.gle/3VCidj3RWWiC24Nv6

Contamos com a participação dos colegas.