ADEPOL DO BRASIL: Nota de Pesar – Delegado Luciano Francisco Ferreira

0
198

A ADEPOL DO BRASIL manifesta profundo pesar pela morte do Delegado da Polícia Civil do Pará, Luciano Francisco Ferreira, vítima de homicídio qualificado no exercício da sua função. O policial foi atingido por disparos de arma de fogo na madrugada desta segunda-feira (03), no município de Uruará, sudoeste do estado.

Ressaltamos a sua importância no trabalho desenvolvido pela Delegacia Especializada de Conflitos Agrários e pela Operação Curupira no combate a atividades ilegais, como o desmatamento na região. A perda de um policial comprometido com a segurança e a justiça é uma tragédia para toda a sociedade e para a instituição policial. Que seu legado seja sempre lembrado como um exemplo de dedicação e coragem.

Essa perda trágica ressalta, mais uma vez, a violência e a crueldade com as quais nossos policiais se deparam diariamente em suas missões. É inadmissível que policiais, que trabalham em prol do bem-estar da sociedade, enfrentem tamanho desrespeito e risco constante de suas vidas.

É fundamental que as autoridades competentes estejam empenhadas em assegurar o rigor da lei e combater de forma incansável aqueles que almejam causar a violência e a desordem em nosso país.

Neste momento de luto e indignação, nossos sentimentos vão para os familiares, amigos e colegas de trabalho do Delegado Luciano Francisco Ferreira. A ADEPOL DO BRASIL reafirma ainda o apoio incondicional às forças de segurança e destacamos o papel fundamental que desempenham em nossa sociedade.

Que a memória desse policial seja honrada e que seu sacrifício sirva de inspiração para continuarmos lutando por um país mais seguro e justo.