ADEPOL DO BRASIL OFICIA MINISTÉRIO DA SAÚDE REQUERENDO PRIORIDADE PARA VACINAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA NO PROGRAMA NACIONAL DE VACINAÇÃO

0
214

Diante da emergência preocupante de casos de COVID 19 para profissionais de Segurança Pública no país, com aumento significativo de contagios, afastamentos e complicações a este segmento, a Adepol do Brasil requereu de forma circunstanciada maior clareza e solicitação de prioridade na vacinação de tais profissionais, tal como ocorre em outros países , os quais estão programando vacinação de militares e profissionais de Segurança Pública como um dos grupos prioritários.

A ADEPOL do Brasil ressalta que sob nenhuma hipótese contesta ou requer prioridade em detrimento de categorias sociais e setores populacionais já classificados como prioridade no Programa Nacional de Vacinação, tais como idosos acima de 60 anos, quilombolas, ribeirinhos, população indígena, profissionais de saúde.

Como os profissionais de Segurança Pública são categorizados como essenciais e mobilizados em 24 horas , com trabalho presencial necessário, este requerimento buscou maior efetividade na inclusão destes profissionais nas etapas do programa de vacinação empreendido pelo Ministério da Saúde juntamente com as Secretárias de Saúde de Estados e Municípios.

Aguardamos informações sobre como ocorrerá esta adequação.

Em anexo segue, o ofício ao Ministério da Saúde