Adepol dá entrada em petição de ADIN que trata da investigação pelo delegado de polícia

0
1173

A Associação de Delegados de Polícia do Brasil (Adepol) deu entrada, na condição de amicus curiae, em petição de Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) interposta em face da Lei 12.830/13, pelo Ministério Público junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). A Lei que trata da investigação criminal, foi sancionada ano passado pela presidente Dilma Roussef.

Outras entidades, como a ADPF e a FENAPEF, já tinham dado entrada em petições semelhantes. A Adepol, no entanto, estava aguardando, desde o ano passado, a prestação de informações iniciais