INFORME DA ADEPOL DO BRASIL SOBRE A LEI GERAL DAS POLÍCIAS CIVIS

0
232

Foi aprovado no plenário da Câmara dos Deputados o requerimento de urgência 871/2022 para votação em plenário da Lei Geral das Polícias Civis, passo essencial para sua aprovação, pois será diretamente apreciado em plenário tão logo recomecem os trabalhos da próxima legislatura.

Enaltecemos o notável empenho do relator, Deputado João Campos, que com muita dedicação e devoção trabalhou diretamente com a Adepol do Brasil e demais Entidades de Classe e o presidente do colegiado dos Chefes de Polícia, Dr. Mário Demerval, nas articulações junto aos líderes partidários pela inserção para votação em plenário do requerimento de urgência.

Nosso especial agradecimento e reconhecimento à FENEME, na pessoa de seu Presidente Coronel Marlon Teza e seu Diretor Coronel Elias Miller, que não apenas apoiaram a votação, mas foram essenciais para que fosse aprovada, permanecendo a todo momento conosco em plenário ajudando superar entraves.

Nosso agradecimento aos Deputados Celso Russomanno, Delegado Marcelo Freitas, Vicentinho Júnior, André Fufuca, André Figueiredo, Bacelar, Antônio Brito, Bia Kicis, Capitão Augusto, Sanderson, Vinícius Carvalho, Capitão Alberto Neto, Subtenente Gonzaga, Leo Moraes, Luciano Bivar, os quais ao longo destes dias foram fundamentais e extremamente parceiros no apoio político a esta votação.

Nosso reconhecimento ao Deputado eleito, Delegado Fabio Costa, que pessoalmente se empenhou para que esta votação viabilizasse.

O projeto de lei 1949/2007 terá seu substitutivo a ser examinado em plenário, com base no texto acordado com as entidades de classe e Chefes de Polícia nesta última semana em reunião conduzida pelo Deputado João Campos.

O texto trará inúmeros avanços para as Polícias Civis e seus integrantes, com equilíbrio e respeito a cada cargo no âmbito de suas atribuições.

Agradecemos pela confiança e a luta continua.

Rodolfo Queiroz Laterza

Presidente da ADEPOL DO BRASIL