Criciúma pede socorro em audiência com Colombo

0
850

Está confirmada para hoje, às 13,30h, a audiência que o governador Raimundo Colombo ao prefeito Márcio Búrigo e às entidades empresariais e civis de Criciúma. O clima de insegurança no sul agravou-se. Segundo as entidades empresariais nada mudou desde que uma grande comoção tomou conta da cidade com o brutal assassinato da médica Mirella Macarini Perucci.
No feriadão do Dia do Trabalho foram registrados mais quatro assassinatos em Criciuma, segundo revelou, impactado, o presidente da Associação Empresarial, Cesar Smilevski, um dos líderes do movimento pela melhoria da segurança pública. Ele enfatiza que Criciúma já contou com 12 delegados de Polícia, com uma população muito menor. Tem hoje 7 delegados e vai perder mais um com a posse de Ulisses Gabriel na presidência da Adepol.
Além de solicitarem ação efetiva na segurança, as 12 entidades que estarão representantes na reunião com o governador voltarão a apelar pelo reinicio das obras da Via Rápida, que liga Criciúma à BR-101 e desafogará o tumultuado trânsito na SC-445, que corta Içara. As obras da Via Rápida estão paradas desde a virada do ano.
O prefeito Márcio Búrigo(PP) vai junto. Voltará a cobrar a promessa de Colombo de liberação de 46 milhões de reais para obras estruturantes. Ele apoiou Colombo, rachou o PP e até hoje não viu a cor do dinheiro.

 

Fonte: Blog do Moacir Pereira