AM – Nota de desagravo – Daniel Pereira Trindade

0
982

A Associação de Delegados de Polícia do Estado do Amazonas – Adepol-AM – em cumprimento ao que rege seu estatuto e visando a ordenação dos fatos veiculados em meios de comunicação amazonenses, vem à público DESAGRAVAR o Excelentíssimo Senhor Delegado de Polícia Daniel Pedreiro Trindade, titular do município de Juruá, contra quem foram divulgadas informações sem a devida apuração dos fatos.

 

Ressaltamos que os fatos veiculados na imprensa – em ocasião que não fora lhe assegurado o direito de resposta – ainda irão ser submetidos a apuração pela Corregedoria Geral do Sistema de Segurança Pública do Amazonas, órgão competente e responsável pelo controle interno da atividade policial. E que, portanto, não pode haver qualquer conclusão que possa pré-condenar o Delegado de Polícia Daniel Pedreiro Trindade. E em razão de até o presente momento não ter sido concluído nenhum processo investigatório que comprove a alardeada acusação, deve ser respeitado o devido processo legal, com a consequente manifestação das partes envolvidas, para que se abstraia o juízo de convencimento.

 

Reiteramos a competência do trabalho realizado em Juruá pelo Delegado de Polícia Daniel Trindade, responsável pelo incessante combate aos atos delituosos no município e responsável direto pela redução das taxas de criminalidade no local e sob o qual não consta qualquer tipo de representação que reprove sua atuação.

 

Esta entidade irá acompanhar a devida apuração dos fatos e defender os direitos do nosso associado que possui uma conduta ilibada na vida profissional e no meio social.

 

A DIRETORIA

Fonte: Adepol/AM