Adepol nos Estados – Sindicato deverá pressionar o governo do Paiui para não deixar cidades sem delegado

0
858

governador e secretarioOsindicato dos Delegados de Polícia Civil do Piauí vai cobrar um posicionamento da cúpula da segurança e do Governo do Estado à respeito do cumprimento da liminar concedida pelo juiz Aderson Antônio Brito, que impede os delegados de assumirem mais de uma cidade.

“Já falei com o secretário (de Segurança) que queria conversar, para que ele em nome do governo possa indicar as cidades que mais necessitam da presença de delegados neste momento”, disse a presidente do sindicato Andrea Magalhães.

Luis Carlos Martins e o governador Zé Filho terão de pensar em uma forma de não prejudicar a sociedade, já que o sindicato afirmou que irá cumprir a liminar. O novo concurso da Polícia Civil prevê 20 vagas para o cargo de delegado, bem longe da necessidade do estado. Hoje com pouco mais de 140 delegados na ativa, e com 224 municípios, o déficit no caso do cumprimento da liminar, será imenso.

Mesmo que neste momento não haja cobertura em todo estado, o sindicato sugere a redistribuição do quadro.

“Está tudo muito mal distribuído, é preciso ainda estipular uma carga horária, que precisa ser de 44 horas, e não toda hora a todo dia da semana. Mas já marcamos uma reunião da categoria na sexta-feira e vamos nos pronunciar”, disse.

180 Graus