ADEPOL DO BRASIL participa de ‘Seminário Perspectivas Legislativas das Polícias Judiciárias no Congresso Nacional’ e 63 anos da ASDEP

0
1014

A ADEPOL DO BRASIL participou, nesta sexta-feira (28), do evento “Seminário Perspectivas Legislativas das Polícias Judiciárias no Congresso Nacional”, promovido pela Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul – ASDEP. A entidade também comemora neste ano seus 63 anos de fundação.

Durante o encontro com delegados de diferentes regiões do País – a convite do Presidente da ASDEP, Delegado Fernando Soares -, o Presidente da ADEPOL DO BRASIL, Rodolfo Queiroz Laterza, ministrou palestra detalhando o tema do seminário, além de abordar soluções para a Segurança Pública do País. Estiveram presentes no evento diversas autoridades, como o Secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Sandro Caron, bem como entidades parceiras como o Sindepominas e o Sindelpol-RJ.

Com uma atuação preponderante, a ASDEP celebra seu aniversário de forma mais que especial: foi uma das associações fundadoras da ADEPOL DO BRASIL. Todos os participantes do evento ressaltaram o trabalho da atual gestão e as iniciativas em defesa e valorização da carreira de Delegado de Polícia no Rio Grande do Sul e nos demais estados. Os dirigentes também discutiram avanços e desafios da categoria em nível nacional.

Durante a programação, a ADEPOL DO BRASIL entregou realizou a entrega da Comenda Dr. Delegado Carlos Eduardo Benito Jorge à Deputada Federal Fernanda Melchionna (PSOL-RS), por conta da atuação em defesa da PEC 32.

Histórico – Criada no dia 26 de abril de 1960 por um grupo de abnegados colegas que visualizaram o futuro, a ASDEP é hoje uma entidade madura e consciente de sua importância entre os delegados de polícia e a sociedade gaúcha.​

Conceituada e respeitada dentro e fora do estado, a entidade orienta, de forma segura e profissional, não só os rumos da Polícia Civil, mas os melhores caminhos para a sociedade gaúcha e brasileira. Solidamente constituída sobre valores éticos e democráticos, a ASDEP tem o respeito de toda a comunidade onde atua.

​Não foi, no entanto, uma história fácil. O crescimento da entidade acompanhou os momentos vividos pela categoria, sofrendo com a baixa remuneração e enfrentando dificuldades nos anos de ataque à classe. O começo, por isso, foi modesto, em uma pequena casa de madeira (justamente onde hoje está instalada a atual sede), passando depois pela aquisição de um terreno ao lado, onde foi construído um prédio maior, de alvenaria, e mais tarde, a ampliação com um galpão crioulo, até chegar à atual sede, hoje com 1.500 metros quadrados de área construída, onde estão instaladas a administração da associação, sala de estar, salão de jogos, restaurante, salão de festas, moderno auditório para 100 pessoas e um hotel de trânsito com 10 apartamentos para uso dos associados e seus familiares.