ADEPOL DO BRASIL participa de discussão sobre porte de arma de fogo para policiais aposentados em Grupo de Trabalho do Ministério da Justiça e Segurança Pública

0
824

No dia 28 de abril, a ADEPOL DO BRASIL, através do Presidente Rodolfo Queiroz Laterza, participou de debates no Grupo de Trabalho instituido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, que discutiu a solução referente ao porte de arma de fogo para policiais aposentados.

Outro tema debatido foi a criação de soluções relacionadas a armas de fogo apreendidas que permanecem ilegalmente nas delegacias, mesmo diante da criação, por lei, no Código do Processo Penal, das chamadas Centrais de Custódias, conforme define o artigo 158-E, do Código do Processo Penal.

As ideias desta entidade de classe de âmbito nacional foram bem recebidas pelos membros da reunião. Vale lembrar que o Grupo de Trabalho foi instituído com base em provocação da ADEPOL DO BRASIL, após ofício enviado ao Ministro da Justiça e de Segurança Pública, Flávio Dino.

“Agradecemos ao Ministério da Justiça e Segurança Pública por convidar e dar espaço à ADEPOL DO BRASIL para discussões e soluções propostas”, destacou o Presidente Laterza.