ADEPOL DO BRASIL participa de audiência pública sobre sistemas de informação de reconhecimento facial

0
19

O presidente da ADEPOL DO BRASIL, Rodolfo Queiroz Laterza, participou de uma audiência pública na quarta-feira (08), a qual se manifestou a respeito da questão do reconhecimento facial em softwares, bem como as questões legais e éticas envolvidas.

Durante a sua manifestação, Laterza frisou a necessidade de adoção de protocolos operacionais e regulamentação da matéria, de modo a diferenciar o reconhecimento facial para obtenção de dados voltados à inteligência e análise de informações sem indicação probatória e reconhecimento de pessoas como elemento de prova.

Desde já a ADEPOL DO BRASIL agradece ao autor do requerimento, o Deputado Capitão Alden, pelo convite à entidade de classe para este importante debate.