ADEPOL DO BRASIL participa de audiência da Comissão de Segurança Pública da Câmara

0
417

A ADEPOL DO BRASIL, através do Presidente Rodolfo Queiroz Laterza, participou de Audiência Pública promovida pela Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados, na tarde de terça-feira (02).

Representantes do governo federal e deputados integrantes discordaram sobre as políticas de prevenção e repressão à violência em escolas. Enquanto o MEC e Ministério da Justiça defendem, sobretudo, ações contra a disseminação de discursos de ódio nas redes sociais, a maior parte dos parlamentares do colegiado pede a presença de forças de segurança pública no ambiente escolar.

Durante o encontro, Laterza salientou que o enfrentamento do problema deve se dar em vários eixos, de forma multidisciplinar. Ele acredita na conexão das escolas com os órgãos de segurança pública, por exemplo, por meio de palestras de policiais nas escolas e citou como referência o programa norte-americano Dare (Drug Abuse Resistance Education, sigla em inglês), de enfrentamento e prevenção às drogas nas escolas. Ele também defendeu punição maior para quem armazenar ou portar armar de fogo no interior e nas adjacências de escolas. Além disso, propôs o ensino de ética e deontologia (ciência do dever e das obrigações) nos colégios.

(com informações da Agência Câmara de Notícias)

Conteúdo completo: https://www.camara.leg.br/noticias/957548-governo-e-deputados-da-comissao-de-seguranca-publica-discordam-sobre-politicas-de-combate-a-violencia-nas-escolas/