ADEPOL DO BRASIL CONVIDADA PARA INTEGRAR PESQUISA TÉCNICA DA FACULDADE DE MEDICINA – UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS – UNICAMP – S.P.

0
204

A ADEPOL DO BRASIL foi convidada a participar de pesquisa sobre “necessidade de rediscutir a legislação do aborto no Brasil e no mundo“, nesse estudo o foco será dado ao conhecimento teórico, opinião e prática dos Delegados de Polícia, profissionais responsáveis pelo indiciamento das mulheres “vítimas-rés” a partir de situações que provocam conflitos éticos sugeridos nos questionários. Essa avaliação poderá servir aos legisladores como material de reflexão a fim de modificar a legislação, corrigindo suas deficiências, atendendo à necessidade de proteger os direitos reprodutivos das mulheres em nosso país. O estudo tem como objetivo avaliar o conhecimento teórico das disposições legais, opinião e prática de Delegados de Polícia acerca do aborto provocado permitido por lei.

 Com confiabilidade e metodologia rigorosa, foi-nos encaminhado documentos comprobatórios de aprovação no Comitê de Ética da Unicamp; escopo da pesquisa; termo de consetimento livre e esclarecido, além do link com questionário a ser respondido pelos Delegados de Polícia.

Pedimos a cada colega que gentilmente participe desta pesquisa, para fins de formulação e subsídios dos Delegados de Polícia do Brasil a este importante estudo, que servirá como pauta de políticas públicas relativas ao aborto conforme o sistema penal no Brasil.

Link para o formulário e resposta aos questionários:

https://forms.gle/qA6JbmYRY1U5CA9w5